Avenida Duque de Loulé Nº 22 - 2º Andar 1050-090 Lisboa
+351 213 161 497
+351 214 094 745

5 Hábitos Que Podem Influenciar Positivamente as Suas Finanças Pessoais

As suas Finanças Pessoais são influenciadas pela forma como gere o seu orçamento pessoal mensalmente. Por este motivo, cremos ser importante mencionar algumas mudanças que poderão influenciar de positivamente a forma como equilibra as despesas e poupanças. Damos-lhe algumas ideias de como poderá elevar a fasquia, porque todos os detalhes podem causar impacto.

1 – Fazer Controle de Despesas Pessoais Mensalmente

Quando toca a ter de despender de cerca de uma a duas horas para que se organize as finanças pessoais, para que se faça um resumo mensal e uma análise cuidada entre gastos e ganhos, é uma tarefa que fica sempre para último. Muitas das vezes não é realizada e saber com o que contamos financeriamente pode fazer toda a diferença entre gastar mais do que se deve e estar dentro do orçamento pessoal. Fazer o controle financeiro por Excel será o suficiente, mas poderá sempre alargar esta vertente a outras aplicações, que abordamos aqui. Quanto mais metódico e organizado for este processo, menos trabalhoso e maior a probabilidade de se sentir satisfeito relativamente ao seu orçamento pessoal.

 

1 - Finanças Pessoais

2 – Organizar um programa financeiro pessoal

Percentagens. O segredo de não gastar mais do que previsto é planear percentagens máximas de gastos. Se valoriza a possibilidade de poupar, coloque essa meta em primeiro lugar e tente no mínimo reverter cerca de 10% para a sua poupança. Para além dessa vertente, é importante pensar nas despesas domésticas, como água, luz, e gás, a renda de casa e carros; após o conhecimento percentual destes valores face ao seu rendimento mensal, tente sempre retirar uma percentagem para lazer, mesmo que não seja momentâneo e se trate de férias, por exemplo. Poder abstrair-se das obrigações diárias, poderá trazer-lhe frutos e quem sabe, até melhorar as finanças domésticas, nesse tempo em que pode surgir aquela “ideia milionária”.

2

3 – Dar Importância ao desenvolvimento de uma educação financeira

Não é necessário que todos estudem contabilidade, mas é essencial que se obtenha algum conhecimento na forma de gestão das finanças pessoais. Dito isto, será importante ler sobre gestão financeira e rodear-se de pessoas que poderão ter uma influência positiva em si. E todos sabemos que informação e conhecimento trarão sem dúvida decisões sensatas e esclarecidas. Aproveite estes temas para desenvolver ideias com os seus colegas de trabalho, amigos e familiares. E incuta uma educação financeira familiar desde cedo nos mais novos, para que seja uma geração mais informada e com decisões pensadas previamente.

6 - Finanças Pessoais

4 – Encontrar Meios Práticos de Poupança

Como referido no ponto anterior, conhecimento trará decisões esclarecidas. Por este mesmo motivo, tente chegar a conclusões efetivas de poupança. Desde o sistema de faturação da luz que tem atualmente, a um investimento em painéis solares, dispositivos de poupança de água para torneiras, até à análise de taxas nos produtos de poupança, entre outros investimentos com probabilidade de retorno positivo. Se forem dados passos no sentido de melhorar as finanças pessoais, mesmo que seja com ligeiras mudanças, a longo prazo essas alterações farão toda a diferença.

3

5 – Procurar Um Conselheiro na Matéria

A melhor forma de poder colmatar a falta de conhecimento, causada muitas vezes pela vida laboral agitada e consequentemente pela falta de tempo passa pela contratação de um especialista na área. A Logosan trabalha há 17 anos na área de contabilidade e gestão financeira e quer a necessidade se aplique a nível de controle financeiro pessoal ou profissional, temos uma equipa pronta a prestar-lhe o apoio de que necessita. Através do formulário de contacto presente no nosso website, poderá enviar-nos uma mensagem e contactá-lo-emos com a solução certa para si.

5

Deixe uma resposta